Usuários ConstruaNegócios
Usuário  
Senha
Quero me cadastrar  |  Esqueci minha senha
Busca
RSS Adicionar aos favoritos Siga-nos no Twitter Confira a edição

 
 
 
 
     
       
 
   
 
 


Valor de vendas cresce 25% em Fortaleza
Foram 2.069 unidades comercializadas na RMF em 2017, movimentando R$ 1,6 bilhão na economia local.
Valor de vendas cresce 25% em Fortaleza
Foto: Divulgação
Após uma queda de 28% em 2016, o setor imobiliário de Fortaleza observa a retomada das vendas no fim de 2017. O segmento de residencial vertical (apartamentos), que são a base do mercado imobiliário na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), fechou com 2.069 unidades vendidas. Foi um aumento de 5% em número unidades comparado a 2016. As vendas movimentaram R$ 1,6 bilhão, representando um acréscimo de 25% no valor geral de vendas (VGV) em relação ao ano passado.

Os números foram apresentados pela Lopes Immobilis. Segundo o balanço, os imóveis mais vendidos na RMF foram o de valor médio, de R$ 350mil a R$ 700 mil, seguidos pelos de altíssimo padrão, que são imóveis com valores acima de R$ 1,5 milhão.

O VGV de imóveis na RMF cresceu 14% no ano passado, somando todos os segmentos: residencial vertical, comercial, segunda moradia e residencial horizontal. Foram 2.531 unidades vendidas, movimentando R$ 1,9 bilhão.

No entanto, a média do percentual de descontos praticados pelas construtoras nos últimos 12 meses foi de 19,64%. Enquanto em 2016, a prática era de 13%. “Vendeu mais, mas vendeu mais barato”, avalia Ricardo Bezerra, diretor-executivo da Lopes Immobilis. Em dezembro, segundo os dados compilados, nenhuma construtora vendeu imóveis sem desconto. O maior percentual praticado foi de 36% de dedução.

Para este ano, estão previstos mais 20 lançamentos imobiliários, que representam, aproximadamente, R$ 1,1 bilhão a comercializar na Região Metropolitana de Fortaleza.“É o dobro do ano passado. Novos lançamentos são novos empregos gerados, mais dinheiro na economia, mais investimento em mídia”, enfatiza Ricardo.

“Saímos do pessimismo para o otimismo. Há muita expectativa para 2018. Logicamente que é preciso respeitar os estoques e só se deve lançar se essa relação estiver equacionada”, observa.

MERCADO EM NÚMEROS

2015 - Quantidade de imóveis lançados 27
2016 - Quantidade de imóveis lançados 14
2017 - Quantidade de imóveis lançados 10

Percentual de distratos

IMÓVEIS

- Área privativa acima de 200m² - 14%
- Área privativa de 150m² a 170m² - 34%
- Área privativa de 130m² a 149m² - 52%
- Área privativa a partir de 50m² - 42%

Tendências

Melhores produtos a lançar em 2018, segundo a Lopes Immobilis

- Imóvel na Aldeota, no segmento de altíssimo padrão (acima de R$ 1,5 milhão), com área a partir de 200m²;
- Imóvel na Messejana, no segmento econômico (de R$ 180mil a R$ 350mil), com área de 70m²;
- Imóvel na Maraponga, no segmento econômico, com área de até 70m².

FONTE: O Povo


« voltar | versão para impressão | enviar notícia por email | topo